case

FinOps

Como a cultura FinOps reduziu 34% no custo mensal total da Unidade de Negócios de Tecnologia da Mobicare.

Contexto

A Mobicare promove desde 2019 a cultura FinOps, sendo liderada pela área de Engenharia Cloud em conjunto com uma equipe multidisciplinar. Assim, os times trabalham realizando a gestão de gastos variáveis da nuvem de forma responsável e eficiente, aliando otimização, velocidade e qualidade dos serviços oferecidos.

Com o modelo de gerenciamento de custos é possível obter mais segurança e assertividade nas tomadas de decisão devido ao conhecimento detalhado dos gastos em projetos, funcionalidades, clientes ou unidades de negócio.

Desafio

Em 2019, uma pesquisa realizada pela instituição 451 Research, divulgada no Cloud Economic Summit, avaliou empresas em relação à maturidade do processo de aquisição, concluindo que a maioria não possuía um processo formal de controle dos custos proporcionados pela nuvem.

80% dos CTOs são alertados sobre gastos excessivos antes da ocorrência do evento.

68% dos CFOs são alertados sobre gastos excessivos somente depois do ocorrido.

Esses dados demonstram que há uma clara desconexão entre as áreas de TI e Finanças das organizações, sendo necessário um novo modelo operacional que permita o dimensionamento correto de recursos e o acompanhamento de custos pelos gestores.

Solução

Baseado nos pilares do ciclo FinOps, desenvolvemos um framework próprio de trabalho que deve ser aplicado de forma personalizada, dependendo da natureza das operações, grau de maturidade do cliente, perfil de uso dos recursos e arquitetura adotada.

Entrevistas

Entendimento do negócio, do cenário da empresa e dos possíveis caminhos.

Equipe multidisciplinar

Criação de grupo de trabalho técnico com participação de todas as áreas da empresa.

Dashboards

Telas de acompanhamento técnico e funcional near real time na visão financeira.

Alarmes

Criação de alarmes de uso com base no orçamento e desvios de comportamento.

Reports

Estruturação de relatórios técnicos detalhados e resumidos de consumo.

Labels/Tagging

Implantação de um plano de tagueamento de acordo com as necessidades do projeto.

Optimization resource

Garantia do menor preço do mercado aos recursos escolhidos.

Application tuning

Visa garantir a eficiência do código e arquitetura.

Rightsizing

Criação de índice de ociosidade de recursos para evitar desperdícios.

Auto scaling

Aliado ao rightsizing para alocar recursos nos horários de real demanda.

Capacity commitment

Antecipação da compra de recursos imutáveis para garantir descontos de longo prazo.

Resource migration

Uso do potencial total de arquiteturas híbridas e multi-cloud para evitar o vendor lock-in.

Meeting updates

Reuniões para acompanhamento dos resultados e descoberta de novas oportunidades.

Conciliação mensal

Visa garantir que o valor pago em fatura está de acordo com o consumido.

Resultados

34%

de redução do custo mensal total de uma unidade de negócios.

64%

de redução do custo de dados transferidos.

75%

de redução do custo mensal de armazenamento.

94%

de redução do custo de disco por meio de ajuste de auto scaling.
capa-minha-oi-quadrado

Case

Autoatendimento

Como a Mobicare desenvolve e opera um dos maiores aplicativos de autoatendimento do Brasil, o Minha Oi, reduzindo custos da operadora.